Nossa lua de mel na Itália – O que fazer em Milão

A tão esperada série de posts contando tudo sobre a nossa lua de mel na Itália finalmente chegou! Digo ~série por que achamos melhor separar em partes, para não virar aquele post livro que ninguém consegue ler inteiro. Começamos pela cidade que chegamos, a surpresinha da nossa viagem, Milão! Então vamos lá: O que fazer em Milão?

Milão é um lugar para viver devagarinho. Para curtir aquele dolce far niente, sabem?

O que fazer em Milão

Quando Milão é a última cidade da sua viagem pela Itália, muita gente fica frustrada, e sente que não tem nada para fazer lá. Sei disso por que um casal de amigos nossos fizeram, em ordem Roma, Florença, Veneza e Milão, e quando chegaram em Milão acharam aquele usual “nada demais”. Sabem?

Mas a gente, que chegou na Itália por Milão, amamos. Foi nosso batismo de Itália, e achamos a cidade linda, acolhedora, super perfumada, daquelas que você quer ficar para sempre, morar e criar seus filhos (ou seus cães).

Mas é o que eu falei, Milão não é uma cidade que você sai 08h da manhã para turistar e volta só de noite. É para passear tranquilo, curtir o dolce far niente.

Nossa sorte é que seja qual for a cidade que a gente viaja, a gente nunca é o turista que sai as 08h do hotel com uma lista gigante de lugares para visitar e horário de início e fim de cada passeio.

Quando estamos viajando a gente quer curtir aos pouquinhos mesmo, acordar tranquilo, visitar o que der vontade, sentar na grama do parque, curtir o harrpy hour da cidade sem preocupação em plena terça-feira a tarde… e vou te falar meu amigo, Milão é para isso mesmo.

Mas fora isso aí de vida de leves, o que fazer em Milão?

O que fazer em Milão? Principais pontos Turísticos!

  • Duomo di Milano – Catedral de Milão
  • Castello Sforzesco (castelo que fica dentro do parque)
  • Parque Sempione (principal parque da cidade)
  • Arco della Pace (arco do triunfo de Milão)
  • Corso Sempione (avenida que começa em frente ao arco)
  • Bairro de Navigli (bairro dos canais de Milão)
O que fazer em Milão
Duomo di Milano
O que fazer em Milão
Arco della Pace

O que fazer em Milão

O que fazer em Milão
Castello Sforzesco

O que fazer em Milão

O que fazer em Milão

O Duomo é lindo e super imponente. O Castelo faz a gente querer voltar no tempo. O parque nos da vontade de deitar na grama e curtir o resto da tarde, o arco do triunfo é gigante e fica no começo da Avenida Sempione, que para gente é tipo a Champs-Élysées de Milão, cheia de bares para o happy hour e (por sorte) pertinho da nossa casa.

Infelizmente não fomos para Navigli, ficamos com preguiça e estávamos muito ocupados sentados na Corso Sempione curtindo o happy hour ou no Parque setindo todo o perfume da cidade. Mas quem sabe numa próxima não é mesmo?

O que fazer em Milão? Experiências!

A gente ama cozinhar e eu tava doida para aprender massa fresca, então não podia deixar de pesquisar e comprar uma experiência de culinária na itália né? Como sabia que Milão seria uma cidade mais tranquila, escolhi comprar a experiência lá mesmo.

Comprei pelo Aribnb a aula de massa fresca do Pasta Pietro e juro, foi uma das coisas mais legais que fizemos em Milão, se não foi a MAIS legal!

Não é barato, acho que na época paguei 180 por pessoa, mas está incluso almoço com 2 pratos de massa por pessoa (que a gente mesmo prepara, claro – no nosso caso foi ravióli e orecchiette), sobremesa (tiramisú também feito por nós mesmos) e claro, vinho! Parece muito mas quando você converte para Euro, que é a moeda que tá gastando por lá, dá uns 35-40 euros por pessoa. Então considerando tudo que você faz e a aula em si, para gente, valeu a pena!

E foi TÃO legal fazer minha própria massa e meu próprio tiramisú!
Tá, eu já sabia fazer tiramisú, mas esse é de família itáliana madonna mia!

Ah, no meio da aula a mãe do Pietro vai embora, mas antes ela quis me abraçar. Tinhamos comentado que estávamos em lua de mel, e ela disse que “precisa abraçar a noiva”, porque é tradição deles mesmo, não sei se para me dar sorte, para me receber como mulher casada, ou por que abraços são bons mesmo né? Mas ela só abraçou euzinha.
Coração derreteu sim ou claro?

O que fazer em Milão
Nossa turma na aula de massa fresca

O que fazer em Milão

O que fazer em Milão
Meu primeiro ravióli

O que fazer em Milão? Comer!

Obviamente, sempre que viajo pesquiso os pratos principais de onde estou indo. Se você não faz isso, faça! Não tem lugar melhor no mundo para provar uma comida do que a sua região de origem!

Dito isso, quais os pratos de Milão? A famosa milanesa né? Aqui chamada de cotoletta alla milanese. Ou Orecchia di elefante! Sim, orelha de elefante. Fora isso a cidade também tem o clássico risoto milanês! Normalmente servido com ossobuco. Nhami.

Na nossa primeira noite em Milão já saímos a procura desses pratos. Que turistar que nada a gente queria era comer e beber vinho!

Encontramos em alguns restaurantes da rua e nos arriscamos em um que tinha mesinhas para fora com velhinhas.
Fofo.

Hoje depois de 20 dias na Itália, sabemos que esse restaurante foi meio caro para o normal da Itália, mas nós dois, novatos nessa coisa de Itália, no dia achamos que era o preço (erro nosso kkk).

Cardápio na Itália

O cardápio deles sempre tem Entrada, Primi, Secondi e Sobremesa. O primi é sempre uma massa ou risoto, e o secondi é sempre uma proteína, pode ser carne, frango, peixe ou até ovo.
Mas não, você não precisa pedir tudo para ser educado. A gente achou que sim e nos ferramos haha

Nosso orçamento diário era 150 euros o casal por dia. Nesse dia, como chegamos às 16h no aeroporto e até chegar-guardar mala-tomar banho, saímos de casa às 20h para explorar e jantar. Então poderíamos gastar a cota do dia inteiro nesse jantar, mas não somos gastões e procuramos um lugar com preço mais ok. Sem saber o que era um preço ok na verdade né? Risos.

Eu sabia que queria provar a cotoletta e o risoto. Esse restaurante tinha mesinhas para fora. Tinha cotoletta e estava estava 25 euros. Entramos.

Como achamos que precisava pedir entrada para não ser mal educado, fomos de mondeghili, que era tipo um bolinho de carne com queijo. Delícia! $10,00.

O primi risoto de limão siciliano com toque de menta, que iamos dividir. Foi $15,00. O João pediu a cotoletta a milanese, que era gigante e também dividimos! $25,00.

Pedimos uma garrafa de vinho, claro, que estava $ 22,00. Na hora achei que era o preço por lá. Mas saibam que você encontra vinho BEMMM mais barato migos.

E foi isso. Por mais que o vinho não tenha sido barato, que delícia de estréia! Pedimos para embrulhar tudo que sobrou, sem vergonha. Normal. Mas esquecemos tudo no restaurante rs Muito vinho dá nisso. Estávamos TÃO felizes.

Passamos no mercado para comprar mais vinho e tomar em casa. A garrafa foi mercado foi 3 euros. Comprei duas. E terminamos a noite contando segredos, escutando música e curtindo a lua de mel italiana no sofá.

O que fazer em Milão
Mondeghili – 10,00 euros
O que fazer em Milão
Risoto – 15,00 euros
O que fazer em Milão
Cotoletta Milanese – 25,00 euros (sobrou quase metade)

O que fazer em Milão

Hospedagem

Eu sou uma pessoa que adora Airbnb. Gosto de ter uma sala e, principalmente, uma cozinha. Adoro comprar ingredientes locais e fazer o jantar ~em casa durante a viagem as vezes, mas sou suspeita por que amo cozinhar.

Já o João prefere hotel mesmo, limpeza todo dia e café da manhã incluso. Por isso quando vamos viajar vivo com o Airbnb e um site de busca de hotéis aberto, e vejo o que vale mais a pena.

Milão ganhou o Airbnb. Por que ele era muito fofo mesmo.

Alugamos desse link, e foi ótimo. Parece que o apartamento foi montado para receber hóspedes então tinha tudo que um viajante precisa, incluindo um caderninho com indicações de restaurantes, transporte, apps locais e tudo mais que imaginar. Sem contar que era muito fofo e bem limpinho. Pagamos R$ 250,00 na diária e achei bem justo. Sim, reais. Não euro. Deus me livre rs.

Nosso apartamento ficava muito bem localizado também, “perto” da Corso Sempione e eu me sentia andando na Champs-Élysées todo dia que saia de casa.

O que fazer em Milão
Quarto do Airbnb – no link tem foto de todos os cômodos
O que fazer em Milão
O “quintal” do nosso apartamento.

O que fazer em Milão

Transporte

A gente praticamente andava a pé para todo canto. Mas para ir para aula de pasta e para voltar do Duomo, usamos metrô.

É bem tranquilo, e a passagem é $1,50. Quando comprar o bilhete, guarda que precisa usar ele para sair também. Isso porque o bilhete é válido para fazer baldeações por 90 minutos, ou seja, depois do metrô você pode usar para ônibus ou para o bonde também, dentro de 90 minutos. Mas não para outro metrô.

O transporte do aeroporto para a cidade também foi foi bem tranquilo, fizemos de trem. O Malpensa Express é um trem que liga o aeroporto nas principais estações de metro da cidade, custou 13 euros e o trajeto do aeroporto até a estação que descemos, Cadorna, demorou 30 minutos. Você compra o bilhete lá na hora mesmo, no guichê ou nas máquinas de auto-atendimento da Trenord ou Trenitalia.

Bom, depois de chegar no metro Cadorna, que é do lado do parque Sempione, fomos andando até em casa. Uma caminhadinha longa que eu queria ter feito de metrô e o João preferiu ir andando ~risos.
No fim foi gostoso, vi tanto da cidade que já fiquei apaixonada mesmo empurrando a mala.

O que fazer em Milão
Metrô

Bom, acho que agora você já sabe o que fazer em Milão, né?

Ah Milão.

Foram dias incríveis.
E estava só começando.

O que fazer em Milão

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*