Risoto de Trufas Negras, Shitake e Alho Poró

Risoto de Trufas Negras com Shitake e Alho Poró
Que fino escrever isso: Risoto de Trufas Negras. Fancy. Quem diria que eu teria trufas negras em casa um dia, assim, para preparar quando der vontade. rs

Tá, não foi bem assim.

Há uns meses atrás fui jantar no Eataly com as amigas e no final a janta que ia dar 120 para cada, acabou sendo paga no VR, e como a gente tinha bebido uma(s) garrafa(s) de vinho, todo mundo ficou muito empolgado quando encontrou trufas negras para vender, e bem, me convenceram que eu devia levar, afinal, eu cozinho tanto né? rs

Eu nunca tinha comido trufas negras na vida então é claro que no mesmo dia, cheguei em casa, abri o potinho e comi um pedacinho. Senti um sabor BEM diferente do que esperava ou do que estamos acostumados. Tem gosto de raiz.

Ta, a trufa vem da raiz né. Mas para quem nunca comeu é difícil explicar que gosto tem. Depois me perguntaram que gosto tinha e eu não sabia dizer, é difícil comparar cmo qualquer outro alimento.

Primeiro não achei tããão especial assim para custar tão caro. Mas ele é persistente e fica na boca por bastante tempo. Isso deu para perceber. No fim, gostei.

Mais para frente fiz uma torrada com as trufas negras, igual no filme “Os sabores do palácio”, alguém já viu? Nesse dia senti mais o sabor da trufa, e planejei como iria utilizá-la.

Li que não se usa trufa com alimentos muito fortes, se não você mata ela ao invés de engrandecê-la, e que o prato mais comum para servir com trufas é – pasmem – ovo frito. Sim, ovinho frito trufado. A mistura mais gostosa do Brasil é o par perfeito das trufas negras.

Bom, mas como não queria fazer ovo frito trufado pro blog (que deve ser uma delícia mas vai saber quando terei trufas de novo em casa), me arrisquei nessa receita que parecia combinar muito bem com as trufas, e é um risoto né? Eu amo risoto. Vamos lá?

Risoto de Trufas Negras, Shitake, Alho Poró e Parmesão

Risoto de Trufas Negras com Shitake e Alho Poró

Ingredientes

  • 35 gramas de Trufas Negras (ou 3 trufinhas)
  • 1 ½ copo de Arroz Arbóreo
  • 200 gramas de Shitake
  • 2 talos de Alho Poró
  • 150 gramas de Parmesão
  • ½ copo de Vinho Branco Seco
  • 1 litro de Caldo de Legumes (aproximadamente)
  • ½ Cebola
  • 1 dente de Alho
  • 2 colheres de sopa de Manteiga
  • 1 colher de Azeite
  • Cebolinha à gosto
  • Sal à gosto
  • Pimenta do reino à gosto

Mãos à obra

Pré-preparo

  1. Faça o mise en place de todos os ingredientes. Mise-en-place. Falei chique porque estamos fazendo trufas negras, claro. Mas como já dizia nosso querido Tchakabum, quer dizer: “prepare o terreno que a dança vai começar”.
  2. Sirva-se de uma taça de vinho e coloque uma música, afinal cozinhar tem que ser divertido.
  3. Pique a cebola em cubinhos, amasse o dente de alho, pique o alho poró em rodelas fininhas, pique o shitake em tirinhas e rale o queijo parmesão.
  4. Coloque a água para ferver e prepare seu caldo de legumes. Pode fazer ele naturalmente com os legumes que costuma usar (normalmente uso cebola, cenoura, salsão e temperos) ou pode fazer de tabletinho.
  5. Corte as trufas em lascas fininhas (o quanto conseguir). Não jogue fora o óleo da conserva. Ele é super saboroso e vamos utilizar!
  6. Em uma panela antiaderente acrescente 1 colher de manteiga e doure o shitake: Coloque a manteiga com 1 fio de azeite para esquentar e assim que espumar, acrescente o cogumelo. Deixe dourar por 2-3 minutos e vire para dourar do outro lado. Cogumelos frescos sempre sugam toda a gordura da frigideira em um primeiro momento, mas é só esperar que eles soltam o líquido novamente assim que dourarem (aprendi com a Julia Child). Depois de virar, doure por mais 2 minutos do outro lado. Reserve.

Fazendo o Risoto de Trufas Negras

Preparação

  1. Na mesma panela, acrescente o restante da manteiga e mais um fio de azeite. Acrescente a cebola e refogue por 2 minutos. Acrescente o alho poró e refogue por mais 2 minutos. Coloque o alho picado e frite tudo por mais 1 minuto.
  2. Acrescente o arroz e misture tudo. Deixe o arroz fritar por uns 2 minutos, até que ele fique com a cor mais leitosa, mas mexendo sempre para não grudar no fundo da panela.
  3. Assim que ele ficar mais leitoso, acrescente 1 concha do caldo de carne e misture. Coloque em fogo baixo e deixe evaporar.
  4. Acrescente o vinho branco e mais uma concha de caldo e misture, deixando evaporar.
  5. Adicione mais caldo (umas 3 conchas dessa vez), dê uma misturada e deixe cozinhando.
  6. Acrescente o shitake e as trufas negras junto com o óleo da conserva. Misture. Acrescente mais algumas conchas de caldo e deixe cozinhando.
  7. Repita essa última etapa até que o arroz esteja pronto, “al dente”. Ou do jeito como gostar mais.
  8. Desligue o fogo e acrescente o queijo parmesão ralado. Misture. Acrescente sal e pimenta à gosto (gosto de salgar somente após o queijo, porque parmesão já é salgado).
  9. Sirva quentinho, com cebolinha fresca por cima.

Risoto de Trufas Negras com Shitake e Alho Poró

Fim!

Achei que ficou incrível, um dos meus risotos favoritos com toda a certeza! Super cremoso e os sabores harmonizaram muito bem.

Risoto de Trufas Negras, Shitake e Parmesão

Combinou muito bem com o vinho branco que usei na preparação, mas também provei ele com um tinto mais leve e harmonizou muito bem.

Foi a janta perfeita para uma noite de sexta especial, quando recebi minha irmã em casa.

E vocês, já comeram trufas negras? Como vocês prepararam?

Me contem, e quem fizer o risoto, posta foto marca a gente por que quero ver.

Cya!

Cheers.

Risoto de Trufas Negras com Shitake e Alho Poró

Risoto de Trufas Negras, Shitake e Parmesão

Risoto de Trufas Negras com Shitake e Alho Poró

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*