Dicas para viajar para Nova York economizando – Época do ano e hospedagem

Dicas-de-nova-york-vivendo-junto-blog
Vista de Manhatan da balsa que liga Manhatan e Liberty Island

Em 2011 eu fiz um intercambio para Nova York e morei lá por alguns meses. Nesse tempo tive a oportunidade de conhecer bem a cidade, e não só as partes turísticas dela, que era exatamente o que eu mais queria.

Voltei para lá mais duas vezes depois desse intercambio, uma vez com a família e uma vez com os amigos, e como conheço bem o lugar vim dar umas dicas para vocês!

Nova York é cara, mas você consegue passar um tempo lá gastando muito pouco se souber onde ir e quando ir.

Quando?

A primeira coisa a decidir é quando ir. Os preços variam muito ao longo do ano e no mês de Julho e na época do natal e ano novo a hospedagem fica muito mais cara. Se você tiver disponibilidade de escolher outras datas, é melhor fugir dessa época.

Rockefeller Center Christmas Tree
Rockefeller Center Christmas Tree

Adoro o natal em Nova York. Já passei o natal lá duas vezes. Uma durante o meu intercambio e a outra com a minha irmã e com o João. S2
Nova York fica linda no natal. Toda iluminada, com as pistas de patinação no gelo já montadas, com a SAK’s passando aqueles vídeos nas paredes externas da loja e talvez, com sorte (para mim), tudo coberto de neve.

Masssss, se preparem para muvuca. A Times Square se torna uma 25 de março (bem) mais bonita. A quinta avenida fica tão cheia de gente que existe policiamento em cada esquina para guiar a travessia dos pedestres e dos carros. As filas para patinar no gelo demoram mais de 1 hora e todas as lojas estão sempre cheias. Sem contar que os hotéis e hostels dobram ou triplicam o preço da diária.

Então como pode ver, depende muito das prioridades de cada um.
Mas se o que você quer é ver a cidade enfeitada sem enfrentar tanta muvuca, é melhor escolher o período entre o thanksgiving (Ação de graças) e o natal, do que passar o natal lá. Após o thanksgiving a cidade se enfeita inteira, e ainda não está tão cheia quanto nas últimas semanas de dezembro. A árvore do Rockefeller center sempre é acesa na primeira quarta-feira de dezembro. Mas se quiser ver a cerimônia tem que chegar lá cedo, por volta das 16h. depois eles fecham tudo.

Julho é o período das férias de verão nos Estados Unidos, e por isso o preço da hospedagem também aumenta um pouco. Mas não chega a ser tão caro quando no natal e no ano novo.

Quanto ao clima, Nova York é uma cidade que realmente tem 4 estações. AMO isso em Nova York.
No verão (entre o final de junho e setembro) as temperaturas são bem elevadas, bem Brasilzão. Já houve recordes de mais de 40° na cidade. E como os metrôs são subterrâneos e também são o principal meio de transporte, fica bem abafado e é ruim para se locomover na cidade.

Dicas-de-nova-york-central-park-outono-vivendo-junto-7
Central Park

A primavera é linda e o Central park fica bem verdinho e cheio de flores. A temperatura é amena, em torno de 20°-25°. E o outono é maravilho, realmente todas as folhas caem e o central park fica laranja. O início do outono é quente, mas se aproximando de novembro e dezembro fica mais frio, em torno de 10° ou menos.

deborah-andrade-de-moraes-vivendo-junto
Eu e uma árvore linda no outono – só para combinar com o cabelo

E o inverno é bem rígido. Em janeiro é certo que neva, e no natal e no ano novo a temperatura fica em torno de 0°, podendo ser mais ou menos frio que isso. Na primeira vez que passei o ano novo lá estava quase -10º, mas já na segunda vez, estava em torno de 5°.

Dicas-de-nova-york-vivendo-junto-blog-1
A pedra alta do Central Park

Onde ficar?

Em Nova York você encontra hotéis, hostels e casas para alugar muito facilmente.
O meu conselho é que antes de começar a procurar loucamente, você escolha entre pagar mais, e ficar bem localizado, ou pagar menos e aceitar gastar mais tempo no metro.

Durante meu intercambio fiquei hospedada no Queens, no finallll do Queens. Penúltima estação no F train. Um Capão Redondo de Nova York (risos). E mesmo assim a vida foi bem fácil lá. Em 30 minutos já estava no meu trabalho (em Manhatan). E pagava 350 dólares por mês APENAS.
Também já fiquei hospedada em um hotel do lado da Times, super prático. Perto de tudo, onde dá para se aproveitar bem a cidade. Em 10 minutos você chega em qualquer lugar. E o preço da hospedagem era mais elevado também, em torno de 350 dólares por dia.

Já nos hospedamos em um hostel, no Upper West side, bem legal e mais acessível. E da última vez alugamos um apartamento pelo Airbnb super legal no Upper East side.

Hostels.

A maioria deles são bem legais e muitos tão confortáveis quanto um hotel. Mas vale sempre comparar o preço do hostel com o de um hotel mediano, por que da última vez que fui para lá os dois estavam com o mesmo preço, e a maioria dos hostels tem banheiro compartilhado. Então vale avaliar se isso importa para você. Apesar de que os banheiros dos hostels costumam ser tão limpos quanto de um hotel. E outra, as vezes eles são “compartilhados” por que não ficam dentro do quarto, mas na verdade são banheiros normais para 1 pessoa só. Você entra, tranca e pronto. Só sai de lá quando ja tiver arrumadinho e pronto.

Também vale pensar que hostel tem um clima propício para socializar e conhecer gente. Já um hotel não tem a intenção de oferecer isso.

Aqui segue o link de alguns hostels em Nova York bem legais: Carlton Arms hotel, Explore Hotel and HostelRoyal Park Hotel and hostel, The Jane HotelJazz hostels, Hi NYC e The Bowery House.

Hotéis.

Eles variam muito de preço conforme a localização, mas os mais caros são aqueles na Times Square e na 5ª avenida perto do Central Park. Se você não fizer questão de luxo, acho válido procurar hotéis mais downtown. Costuma ser mais barato e em Nova York tem um metro em cada esquina, então é fácil de chegar em qualquer lugar.
Segue o link de alguns hotéis diferentes que você encontra por lá: Hotel 309Hotel ShocardRiff Chelsea and Riff Downtown, ACE Hotel, City Rooms Soho and Chelsea, Nu Hotel Brooklyn, Night Hotels, The Standard HotelHotel 17, The NoMad HotelNolitan Hotel, City Club Hotel, Seton Hotel, Dream New YorkLibrary HotelNomo Soho and Ink48 hotel.

Dicas-de-nova-york-central-park-outono-vivendo-junto-3
Central Park

Tanto para hostels quanto para hotéis, seguem umas dicas importantes:

  • Localização. SEMPRE coloque o endereço no google maps para ver a distância do metro mais perto. Às vezes 800m-1Km parece pouco, e caminhar 15 minutos por uma ruazinha linda, no verão, em Nova York, tem coisa melhor? Mas andar esse trecho no inverno a -10° com o rosto ardendo de frio não é legal. Ponto.
  • Internet. É importante verificar se eles tem internet (e se é de graça). Alguns lugares informam que tem internet mas chegando lá você tem que pagar 50 dólares pelo período. WHATTTT! Sim. Sempre vale perguntar se essa informação não está clara.
  • Lavanderia. Caso você vá passar muito tempo na cidade ou viajando, é legal que o lugar tenha uma laundry á disposição ou que tenham algumas lavanderias por perto. Assim você não precisa levar TANTA roupa assim. E lavar roupa lá é super simples e rápido. Meia hora na máquina de lavar e 20 minutos na de secar. Fim. Sem contar que é legal fazer laundry lá. Você se sente no Everybody hates Crissss.
  • Café da manhã incluso. Não é comum em Nova York os lugares oferecerem café da manhã, mas as vezes alguns lugares oferecem, e é um ponto positivo para economizar. Mas também não espere muito. Em um dos hostels que fiquei eles tinham café da manhã, mas era um bagel com cream cheese e café preto. O que é uma delícia. Mas não por 7 dias. E em outro hotel eles tinham apenas sucrilhos e leite. Todos os dias. Sim, juro. (risos)
  • Pet friendly. Se estiver com seu pet, não esqueça de verificar se eles aceitam animais. E se cobram uma taxa extra por isso.
  • Estacionamento. Não vale a pena alugar carro em Nova York, a não ser que você realmente precise por estar com alguém mais idoso ou por que nesse dia vai precisar ir até o aeroporto com malas e chamar uma van não compensa. Nesses casos é bom questionar se eles possuem vaga para carro. Mas já adianto que isso é MUITO raro em Nova York em Manhatam e você provavelmente terá que incluir no orçamento os custos de um estacionamento.
  • Bairro. Hotéis e hostels em Chinatown costumam ser mais baratos, mas as vezes a higiene do local não é legal. Acho Chinatown super divertido, mas saiba que o bairro é meio que uma 25 de março de Manhatan. Sempre está uma muvuca e você tem que conhecer bem o lugar para saber onde comer e onde é seguro ir tarde da noite. Além de que muita gente lá não fala inglês. Então se você se incomodar com esses aspectos talvez valha a pena escolher algo em outro bairro.

Airbnb.

Eu ADORO o Airbnb. Acho que é a melhor opção para quem vai passar uma semana ou mais na cidade. Mas é preciso ter algumas coisas em mente:

  • Sempre mande mensagem para o anfitrião questionando a quantidade de camas de verdade que o local possui. Muita gente coloca que acomoda “até 4 pessoas” mas na verdade só tem uma cama, um sofá, e um colchão inflável por exemplo.
  • Questione quantos quartos o local tem. Se vocês estão viajando em casal isso pode ser importante. Eu já me hospedei num lugar que dizia ter 3 quartos, mas na verdade eram 2 quartos e uma sala com uma cama no meio. O que não foi problema para nós, mas pode ser para outras pessoas.
  • Se você não conhecer a cidade, tente se manter dentro de Manhatan, e abaixo da rua 115th. Nada contra o Brooklyn ou o Queens (s2) ou qualquer outro bairro. Eu acredito que existe beleza e arte em todos os cantos de Nova York. s2 Mas se você for iniciante por lá, corre o risco de acabar alugando um apartamento que estava com um preço ótimo em um bairro muito perigoso. Aconteceu com uma amiga que achava que ia amar o Brooklyn e alugou um ap lá pelo Airbnb, o apartamento dela foi arrombado durante o dia, enquanto ela não estava lá (graças a deus), e depois foi a maior confusão para resolver tudo.
  • Só alugue de anfitriões que tiverem muitos comentários. Se a pessoa não tiver nenhum comentário ou tiver apenas 1 ou 2 comentários, o lugar pode ser fake. E mesmo que o Airbnb devolva todo o seu dinheiro, a pior coisa é ficar sem ter onde se hospedar e ter que encontrar algum lugar em cima da hora e pagar horrores.
  • Verifique se tem elevador (caso você precise de um). Alugamos um apartamento no 4º andar que não tinha elevador no prédio. Mas eu já tinha perguntado antes então estávamos cientes de que seria uma maratona subir e descer com todas as malas (e realmente foi)(pelo menos queimamos as calorias do Shake Shack)(No próximo post falo sobre o Shake Shack e outros lugares MUST GO de Nova York).
  • Atente-se para ver se o aluguel é do espaço inteiro ou somente de um quarto. Muitas vezes o aluguel é somente do quarto e durante a estadia você convive com o anfitrião. Isso pode ser bem legal, se você gostar de conhecer pessoas novas e socializar, além de ter um new yorker lá para te dar dicas. Mas pode ser ruim se você quer mais privacidade e acabar descobrindo isso de surpresa. Meninas viajando sozinhas também devem excluir essa opção obviamente (e infelizmente). =/
  • No comecinho do Queens tem muitas opções legais de airbnb também. E Astoria é um bairro brasileiro de Nova York bem tranquilo e legal para ficar. costuma ser mais barato e é super perto de Manhatan. É grande a chance de encontrar com pessoas que falam português por lá.
  • Vale perguntar se eles oferecem roupa de cama e toalha de banho, por que nem sempre tem então é preciso levar. E também perguntar sobre os utensílios de cozinha disponíveis. Por que é sempre bom fazer uma ou duas refeições em casa para economizar.

Fora isso, as dicas que dei para hostels e hotéis (Internet, Localização, Pet friendly e Estacionamento) também servem para o Airbnb.

Sei que parece muita coisa. Mas você acaba se acostumando a verificar tudo em toda viagem isso e assim viaja mais tranquilo.

Dicas-de-nova-york-central-park-outono-vivendo-junto-2
Vista de frente do MET

Vale lembrar que nunca me hospedei em nenhum desses hotéis e hostels. Eles são resultado de uma busca longa e assídua na internet para achar coisas legais para vocês. Quando estava lá eu fiquei no Edson Hotel, no Central Park West Hostel, numa casa de estudantes no Queens (168th street) e em uma casa que alugamos pelo Airbnb mas que aparentemente não está mais disponível para locação.

No próximo post vou dar umas dicas dos passeios, dias gratuitos de museus, restaurantes mais baratos e bares com happy hour, além de alguns exemplos de roteiros para dias mais quentes e para dias mais frios. 🙂

Espero que tenha ajudado!Beijos, Deh

Us <3
Us <3

Créditos: Fotos e texto de Deborah Andrade

11 Comments

  1. Suas dicas foram demais! Espero um dia conhecer Nova York e muitos outros lugares, é um cantinho mais bonito que o outro né? *-*

    http://www.kailagarcia.com/

  2. Nova York está na minha whishlist de viagens! Um dia eu conheço esse paraíso!

    Que blog fofinho de vocês! Adorei seu estilo Deborah (gostei da sua foto no "sobre") seu cabelo parece de princesa! rs

  3. Nova York está na minha whishlist de viagens! Um dia eu conheço esse paraíso!

    Que blog fofinho de vocês! Adorei seu estilo Deborah (gostei da sua foto no "sobre") seu cabelo parece de princesa! rs

  4. aiii que sonho conhecer NY! Já me imagino conhecendo lugares de várias das minhas séries favoritas hahaaha e que post mais completo ein???

    beeeijos :** Ja fomos legais

  5. aiii que sonho conhecer NY! Já me imagino conhecendo lugares de várias das minhas séries favoritas hahaaha e que post mais completo ein???

    beeeijos :** Ja fomos legais

  6. É tudo muito lindo mesmo Kaila! Que bom que gostou das dicas! 🙂

  7. É tudo muito lindo mesmo Kaila! Que bom que gostou das dicas! 🙂

  8. Ounn Obrigada Cláudia! Fiquei super feliz com o comentário, de verdade. Espero que você viaje para lá em breve! Para mim todo mundo tinha que conhecer Nova York um dia!
    Beijos

  9. Ounn Obrigada Cláudia! Fiquei super feliz com o comentário, de verdade. Espero que você viaje para lá em breve! Para mim todo mundo tinha que conhecer Nova York um dia!
    Beijos

  10. É muito legal ver todos os lugares das nossas séries e filmes favoritos mesmo! Uma vez quando eu estava lá, vi a gravação daquele filme "Idas e Vindas do amor" na Times Square. É muito legal!

    E que bom que gostou do post, queria ele bem completo mesmo. O próximo também vai ser!
    Beijos.

  11. É muito legal ver todos os lugares das nossas séries e filmes favoritos mesmo! Uma vez quando eu estava lá, vi a gravação daquele filme "Idas e Vindas do amor" na Times Square. É muito legal!

    E que bom que gostou do post, queria ele bem completo mesmo. O próximo também vai ser!
    Beijos.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*